Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Educação Física gera livro de receitas
Início do conteúdo da página Notícias

Educação Física gera livro de receitas

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 09/06/2021 16h31
  • última modificação 09/06/2021 16h35

Alunos dos cursos técnicos em Análises Químicas e em Alimentos do IFMA Campus Zé Doca criam um ebook com receitas que se propõe a viabilizar uma melhor qualidade de vida.

 

O produto “Receitas para uma via saudável” foi gerado no âmbito do “Projeto Cuide-se” desenvolvido, entre os meses de abril e maio deste ano, na disciplina de Educação Física do IFMA Campus Zé Doca (MA).

 

O ebook pode ser baixado gratuitamente aqui neste link

 

O projeto teve o objetivo de propor práticas integrativas voltadas à atenção à saúde e à qualidade dos alimentos que são ingeridos no cotidiano. Foram desenvolvidas atividades reflexivas quanto aos benefícios da alimentação saudável, numa perspectiva pós pandemia. E houve, ainda, discussões sobre a possibilidade de alimentos auxiliarem na imunidade das pessoas.

 

“Acreditamos que uma das formas mais propícias para o desenvolvimento desse conteúdo interdisciplinar seja a pedagogia de projetos”, pontuou o coordenador do projeto, professor João Batista Corrêa. “Isso oportuniza situações diversas nas quais o professor pode intervir e mediar o conhecimento de forma significativa”, prosseguiu.

 

Os estudantes tiveram aulas sobre a temática da alimentação saudável, participaram de workshop com nutricionista e  apresentaram um webinário em que, divididos em grupos, expuseram os benefícios de alguns alimentos selecionados pelo professor.

 

A culminância do projeto ocorreu com a compilação das receitas apresentadas em forma de um ebook, distribuído gratuitamente a toda a comunidade escolar.

 

Na avaliação de João Batista Corrêa, os envolvidos no projeto tiveram a oportunidade de estudar e desenvolver práticas voltadas aos aspectos necessários para uma vida saudável e conscientização ambiental. “Apesar do modelo de ensino a distância, a participação dos alunos e capacidade de trabalhar em equipe foram os pontos-chave dessa edição”, assinalou.

 

Para Corrêa, os objetivos do projeto foram alcançados. “Foi muito interessante para que os participantes tivessem contato com experiências de conscientização, que podem se configurar em hábitos de um vida saudável no futuro”, finalizou.

 

Fim do conteúdo da página