Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA promove simpósio sobre Educação Inclusiva
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA promove simpósio sobre Educação Inclusiva

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 29/10/2019 14h24
  • última modificação 29/10/2019 14h27

O IFMA/Campus Zé Doca, por meio do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR), promoveu no dia 19 de outubro, simpósio sobre inclusão escolar. O evento contou com a organização dos alunos do 8º período do curso de Licenciatura em Química do IFMA/PARFOR, sob a coordenação da profª Ma. Williane de Fátima Vieira Batista, que recebeu a comunidade acadêmica e profissionais da cidade e região.

O evento discutiu os desafios e as possibilidades da Educação Inclusiva por meio do olhar daqueles que no dia a dia buscam a efetivação de uma política sobre a questão. Participaram da mesa dos trabalhos o professor Carlos André dos Santos (do Atendimento Educacional Especializado); a intérprete Maria Francileide do Nascimento; Mahelly Leite, mãe do Emanuel, autista; o estudante cego Narcisio Lopes e a intérprete Janine Conceição.

Segundo o coordenador do PARFOR do IFMA de Zé Doca, Claudeny Portela, o evento despertou em cada um a empatia necessária para o exercício da docência. “Ouvir quem necessita de acessibilidade, adaptação curricular e diferentes métodos de ensino, nos faz perceber que é necessária leitura, técnica, busca por mais conhecimento e acima de tudo, sensibilidade para se colocar no lugar do outro”, explicou Claudeny.

A professora Williane, que coordenou o evento, pontuou a necessidade de ser discutida a inclusão nos diferentes espaços, juntamente com as pessoas que possuem algum tipo de deficiência, para que sejam protagonistas de sua própria história. “Não basta discutir inclusão para as pessoas, é necessário ouvi-las, todas as pessoas que hoje estão ou sentem-se à margem da sociedade, fora da escola ou com dificuldades de permanecer nela porque ainda há preconceitos”, afirmou.

Após o relato de cada convidado, houve a interação da plateia que não hesitou em suscitar diversas perguntas, possibilitando um maior aprendizado a todos.

registrado em:
Assunto(s): Inclusão , PARFOR , Zé Doca
Fim do conteúdo da página